Olho, corpo e história
Olho, corpo e história
Ivani Santana
Ivani Santana
Olho, corpo e história
Olho, corpo e história
Gerald_Thomas
Gerald_Thomas

Trilogia A BESTA 1993, Sesc Pompéia -

reproduçoes_memoria_152
reproduçoes_memoria_152
Olho, corpo e história
Olho, corpo e história

ILUMINADORA DE TEATRO

Concepção, montagem e operação de luz nos espetáculos teatrais:

 

OLHO, O CORPO E A HISTÓRIA DA IMAGEM (2011/2010)

direção Márcio Marques

Espetáculo de dança formado por um conjunto de cinco video-instalações imersivas que tratam da relação do corpo com sua imagem. SESC PINHEIROS; GALERIA OLIDO.

 

121.023 J (2009/2004)

de Renata Jesion, direção Ariela Goldman

Espetáculo de teatro que conta a história de um rapaz que sai de casa para comprar um pão e, no caminho de volta, é levado sem nenhuma explicação para uma nova realidade. Inspirada na vida do pai da autora, sobrevivente do holocausto, a pesquisa de Iluminação incluiu uma visita ao Campo de concentração de DACHAU, na Alemanha.

CAIXA CULTURAL BRASÍLIA, SALVADOR, CURITIBA;  SESC COPACABANA e NITERÓI, RIO DE JANEIRO; CASA DE CULTURA JUDAICA, SESCS: SANTANA, BERTIOGA, SÃO CARLOS, IPIRANGA, SANTOS, SÃO CAETANO; SATYROS2, VIGA E TEATRIX, SÃO PAULO.

 

TEATRO DANÇA IMAGEM TECNOLOGIA (2005/2002)

CORPO ABERTO MÍDIA DE SILÍCIO,MÍDIA DE CARBONO

direção: Ivani Santana 
Trabalho de experimentação em performances envolvendo música, imagem e dança com a participação de outros artistas, entre eles Fernando Iazzetta, o compositor Silvio Ferraz e a iluminadora Simone Donatelli. O processo de criação é colaborativo e a tecnologia funciona como agente de conexão entre sons, imagens e movimento. 

Corpo aberto aborda a relação do corpo com as máquinas da nova era e, a dança em interação com as novas tecnologias. Diversos processamentos podem ter seus parâmetros modificados em tempo real de acordo com o sinal sonoro enviado para o computador. A interação de som, luz, imagem e movimento criam, ao vivo, perspectivas deslocadas.

MOSTRA DE MÚSICA ERUDITA CONTEMPORÂNEA, Espaço Cultural CPFL - Campinas, 2005

RUMOS DANÇA ITAÚ CULTURAL, 2003

FESTIVAL DE DANÇA CONTEMPORÂNEA DE BERLIM- MOVE BERLIM - Alemanha, 2003

 

IRMÃS DO TEMPO - AS BRUXAS (2001/1997)

de Neca Zarvos e Raquel Ornellas

direção: Regina Mendes

Espetáculo cuja base corporal do trabalho é Contato Improvisação, técnica de dança que propõe basicamente um diálogo improvisado de movimento entre duas pessoas que mantém um ponto de contato físico. A pesquisa vocal se baseia na técnica "Voz em Movimento", que busca a integração da voz com o corpo e a emoção. O trabalho foi incorporado ao mestrado de Ornellas no Centro de Artes Cênicas (CAC-USP). 

FESTIVAL INTERNACIONAL DE TEATRO DE MINAS GERAIS E DE LONDRINA

CANADÁ FRINGE FESTIVAL (TORONTO,WINNIPEG e SUDBURY)

 

DOMÉSTICAS (1999/1998)

direção Renata Melo

Prêmio shel de iluminação (Simone Donatelli) e direção (Renata Melo)

Espetáculo de teatro/dança, leva ao palco a realidade dos lares sem deboche e com tocante humanidade. Em um cenário de azulejos brancos, criado por Daniela Thomas, três atrizes protagonizam um admirável balé com baldes, pratos, talheres e vassouras. A montagem que teve temporada de um mês no Tuca em 1999, lotou o Centro Cultural em 1998, quando o diretor de cinema Fernando Meirelles decidiu à produção do filme.

SESCS: SANTOS, SÃO CARLOS, RIO PRETO, BERTIOGA, CAMPINAS;

FESTIVAL PANORAMA RIOARTE DE DANÇA, VII, TEATRO CARLOS GOMES, RIO JANEIRO

 

TRILOGIA A. B.E.S.T.A (CIA OPERA SECA, 1995/92)

direção Gerald Thomas

Integrante como iluminadora cênica e editora dos vídeoa dos espetáculos. 

THE FLASH AND CRASH DAYS 
Com Fernanda Montenegro e Fernanda Torres

O IMPÉRIO DAS MEIAS VERDADES

Com Fernanda Torres

UNGLAUBER
Com Edílson Botelho e Vera Zimmerman

FESTIVAL LATINO AMERICANO - CÓRDOBA–ARGENTINA

FESTIVAL INTERNACIONAL DE COPENHAGEN – DINAMARCA

FESTIVAL INTERNACIONAL DA BAHIA, DE LONDRINA E DE CURITIBA

SESC POMPÉIA e 14 outras unidades SESC BR